Concentração do ato será na Praça dos Três Poderes, em Brasília, a partir das 14 horas, nesta quarta-feira, 05 de novembro. Compareça nesta luta! 

 
A Fenapsi convoca a categoria para uma grande manifestação em apoio à aprovação do PL das 30 horas para a Psicologia. O protesto será realizado nesta quarta-feira, 05 de novembro de 2014, com concentração em frente à Praça dos Três Poderes, em Brasília, a partir das 14 horas. 
 
“É importante a participação de todas psicólogas e todos psicólogos que puderem comparecer na manifestação que tem o objetivo de sensibilizar a presidente Dilma para que ela aprove as 30 horas para a Psicologia. E pedimos ainda que os sindicatos e conselhos regionais apoiem esta mobilização também. Vamos à luta, categoria”, convoca a direção da Fenapsi. 
 
Participem! Apoiem esta luta! #30horasjáPsicologia #AprovaDilma! 
 
PL está na Presidência 
O PL 3.338/08, que fixa a jornada de trabalho de psicólogas e psicólogos em 30 horas semanais, foi assinado na terça-feira (28 de outubro) pelo presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves. 
 
Esse era o último tramite que ainda estava pendente na Casa. O PL chegou no mesmo dia à Casa Civil da Presidência da República onde aguarda a sanção integral, veto parcial, ou veto total da presidenta Dilma Rousseff, que terá 15 dias para decidir a partir do recebimento do documento.
 
Histórico da luta pela aprovação
A mobilização da Fenapsi em torno da aprovação do projeto ganhou força este ano. Foi que diante da iminência da aprovação do PL, a Federação desenvolveu diversas artes para folders, adesivos, faixas, banner para Facebook, camisetas e cartazes. Além disso, a diretoria da Fenapsi sempre marcou presença no Congresso, cobrando dos parlamentares a aprovação, fazendo reunião com ministros, entre outras ações com foco na sanção das 30 horas. 
 
Mas vale lembrar que essa luta não é de hoje. Ela vem desde 2008, quando o PL foi proposto na Câmara, passando por diversas comissões na Casa até ser enviado ao Senado, em julho de 2009. 
 
Nos anos seguintes, o PL retornou à Câmara, passando novamente por diversas comissões até ser aprovado, no dia 15 de julho de 2014, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara Federal. A CCJC foi a última Comissão pela qual o PL precisava passar. Depois disso, o PL aguardou o prazo regimental de cinco sessões ordinárias para ir à sanção presidencial. 
 
Carta
Clique abaixo e enviem a Carta Aberta à Presidenta Dilma. No documento, a Federação expõe os benefícios da aprovação das 30 horas, solicitando que o projeto seja sancionado integralmente.