Fernanda Magano concedeu entrevista à TV Brasil/EBC durante o ato alertando que as comunidades terapêuticas não entram para as estatísticas de internação em manicômios, mas que suas práticas são as manicomiais

A presidenta da Fenapsi, Fernanda Magano, participou na tarde desta segunda-feira, 18, de um ato em São Paulo pelo Dia Nacional de Luta Antimanicomial (18/05), representando a Federação. A manifestação foi realizada na avenida Paulista e seguiu do vão do Masp em direção à rua da Consolação e avenida Rebouças, continuando pela rua Enéas até a Secretaria Estadual da Saúde.

Foi realizada uma programação cultural e vários cartazes foram confeccionados e erguidos para demonstrar o quão ultrapassada é a política de internações e como a Psicologia e outras categorias profissionais, além de movimento sociais, repudiam a utilização de manicômios que insistem em sobreviver no Brasil.