Pauta da reunião incluiu, ainda, a atuação prioritária das psicólogas e dos psicólogos na área da Saúde
O Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (FENPB) se reuniu na manhã do último dia 4, na Faculdade de Psicologia da USP, com o objetivo de tratar de diversos assuntos do interesse  da categoria.
Entre as pautas, o FENPB tratou do desmonte do SUS e da necessidade de aprofundar o debate sobre a atuação prioritária na área da Saúde pelos profissionais de Psicologia. Também ficou indicada a realização de um seminário sobre o tema.
Na ocasião, os membros do Fórum decidiram fazer uma moção de repúdio à volta do Projeto de Lei (PL) do Ato Médico no Congresso Nacional. "Precisamos altertar à categoria sobre os riscos de esse PL sair do papel. Nossas práticas não podem ser relegadas ou condicionadas à aval de médicos", defendeu Fernanda Magano, presidente da Fenapsi e membro do FENPB.
A agenda do FENPB também conta com apresentação dos resultados da pesquisa sobre violência nas escolas, realizada em parceria com o MEC.
Fonte: Sinpsi-SP, com edição da Ascom da Fenapsi.