Data é lembrada em função de um grave assassinato, ocorrido no ES, em 1973


 

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado em 18 de maio em função de um grave assassinato ocorrido no Espírito Santo, em 1973. A data escolhida é a da morte de Araceli Cabrera Sánchez Crespo, menina de oito anos, violentada e morta de forma hedionda em meio a uma orgia sexual regada a drogas, no estado do Espírito Santo. 

Para a Fenapsi, a data representa também um momento de se cobrar políticas públicas que efetivem o Estatuto da Criança e do Adolescente (Ecriad) e de se dar um basta ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes!

Vídeo. Clique aqui e assista ao documentário: “Caso Araceli: A Cobertura da Imprensa”, dos bacharéis em Comunicação Social, Diego Herzog e Tati Beling.  O link é da parte I do vídeo no Youtube. As partes II e III vêm na sequência. Confira e conheça a história do assassinato de Araceli Cabrera Sánchez Crespo.