A ASIVERDE nestes últimos anos vem lutando pela melhoria de vida e salarial dos servidores. Os associados da ASIVERDE têm conhecimento, através do Jornal "Ver de Dentro," da demanda histórica que a associação travou junto aos representantes do Governo por melhores salários e em especial, desde 2008, pela incorporação da parte fixa da GEDAMA no vencimento básico.

Esta campanha vinha sendo desenvolvida individualmente pela ASIVERDE e ASSEMA até que em julho/2011 um grupo de servidores do SISEMA solicitou que as associações tomassem a frente de um movimento visando à mobilização dos servidores para criar uma pauta de reivindicações de melhores condições de trabalho e salário.

A ASIVERDE / ASSEMA abraçaram a causa e na primeira Assembléia dos servidores foi criada a "Comissão de Negociação" que em muito enriqueceu e fortaleceu o nosso movimento.

A partir de então a Assembléia dos servidores aprovou uma pauta de reivindicações que teve como conseqüência a criação do "Grupo de Trabalho" através da resolução SEMAD 1.427/2011, com a participação dos membros da Comissão.

Dos itens constantes da pauta o Governo atendeu de imediato apenas um que foi a revogação do fator redutor da Gedama a partir de janeiro/2012.

Quanto aos demais o Governo apresenta sempre uma proposta diferente da aprovada na Assembléia dos servidores e negociada pelos nossos representantes, principalmente, quanto à incorporação da parte fixa da Gedama.

Desde o Governo passado que estamos sendo ludibriados por promessas e mais promessas. É nessa realidade que estamos inseridos e somos os protagonistas desse modelo dominado pelos políticos comprometidos com outras causas, menos, com a sua peça chave que somos nós os servidores do SISEMA.

Em reunião no dia 23/03/2012 a ASIVERDE/ASSEMA e Comissão de Negociação receberam das mãos dos representantes do governo ofício nº 036/12 o qual faz um relato das negociações até aquela data informando que o fator redutor foi extinto, que o governo autorizou concurso público para provimento de 320 vagas. Os demais itens da pauta estavam em estudos, e que o Governo está dando prioridade para incorporação da parte fixa da GEDAMA. Reproduzimos o texto do ofício:

A ASIVERDE esclarece que não tem poderes para avalizar este tipo de compromisso uma vez que nem todos servidores são seus associados. Por outro lado o governo está coagindo e responsabilizando a ASIVERDE / ASSEMA pelo insucesso das nossas reivindicações, se este "acordo" não for assumido por elas.

Nesta mesma reunião destacou que todos os itens da pauta de reivindicações foram objeto de análise, resultando em propostas concretas para pontos em que há viabilidade técnica financeira para atendimento, ou em respostas devidamente justificadas nos casos em que não há possibilidade de atendimento imediato.

O ofício consta duas alternativas no que diz respeito a GEDAMA:

Chegou a hora da definição e de se decidir urgentemente entre as duas opções. A opção apresentada por este Governo quanto à incorporação da parte linear da Gedama de duas vezes, antes era de uma vez, não atendem totalmente as nossas necessidades, mas, ao menos em médio prazo, vai minimizar o prejuízo que estamos amargando todos estes anos com salários minguados.

Enquanto não houver uma política de valorização profissional digna dificilmente teremos o tão sonhado sossego de qualidade social que almejamos. Lembramos que o servidor sempre terá o direito de reivindicar, é democrático e está na Constituição Federal.

Este é o resumo de todo período de negociação para incorporação da GEDAMA. "É pegar ou lagar como se expressou à representante do Governo, e que o IMA (leia GEDIMA) aceitou a alternativa 02 (dois) e o Projeto de Lei foi encaminhado para a Assembléia". Espera-se que não seja mais uma promessa para ludibriar nossa boa vontade. A expectativa é que desta vez o Governo perca a mania de "mudar de opinião" e envie o projeto de Lei para Assembléia.

Fiquemos unidos, pois, o desafio é construirmos, no dia a dia, uma associação mais forte, atuante e sustentável para que possamos alcançar nossos objetivos.

ASIVERDE

Acessos: 192

Endereço e Telefones

(31) 3295-2404
Rua Tomé de Souza, 860, sala 104, Funcionários
Belo Horizonte / Minas Gerais - CEP 30140-909
fenapsi@veloxmail.com.br

© 2017 Fenapsi. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SiteSindical

Search

Acesso Restrito