Presidenta da Fenapsi Fernanda Magano participa do Fórum Social das Resistências


Pelo menos três mil pessoas participaram da marcha de abertura do Fórum, que aconteceu no Centro de Porto Alegre

A presidenta da Fenapsi, Fernanda Magano, participou do primeiro dia de atividades do Fórum Social das Resistências nessa terça-feira, 17, em Porto Alegre. O evento tem como tema “Democracia e Direitos”.

Na quarta-feira, 18, Fernanda Magano concedeu uma entrevista ao vivo à Radio Brasil Atual sobre as temáticas discutidas no evento. "Dada a conjuntura atual e a situação que estamos enfrentando, em que há toda uma desregulamentação do papel do estado e também um desmonte das políticas públicas, esse ano o evento foi denominado como Fórum Social das Resistências. O objetivo é construir uma unidade no campo democrático popular”, ressaltou.

Clique aqui e ouça a entrevista completa.

Pelo menos três mil pessoas participaram da marcha de abertura do fórum, que aconteceu no Centro de Porto Alegre. Os manifestantes seguiram pela avenida Borges de Medeiros em direção ao largo Zumbi dos Palmares.

A marcha
O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-RS), Claudir Nespolo, disse que os movimentos sociais estão lutando contra o golpe e contra os ataques aos trabalhadores como é o caso da Reforma Trabalhista e da Previdência Social.

O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-RS), Guiomar Vidor, afirmou que o país vive uma grande ofensiva neoliberal promovida pelo governo de Michel Temer, pelo Congresso Nacional e pelos sindicatos patronais que tem como objetivo acabar com os direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores. “Eles querem que os trabalhadores paguem pela crise. A culpa não é e nossa”.

Para o ex-ministro do Trabalho e Previdência Social no governo da presidenta Dilma Rousseff, Miguel Rossetto, a caminhada foi um momento de reafirmar a resistência democrática e o respeito aos direitos sociais. Conforme Rossetto, no Brasil, é fundamental derrotar o golpe, recuperar a democracia e o respeito ao voto popular. “É preciso convocar novas eleições e rediscutir o país”. O ex-ministro afirmou que é preciso resistir ao governo de Michel Temer e seus aliados que buscam desmanchar os direitos sociais.

Acessos: 54

Endereço e Telefones

(31) 3295-2404
Rua Tomé de Souza, 860, sala 104, Funcionários
Belo Horizonte / Minas Gerais - CEP 30140-909
fenapsi@veloxmail.com.br

© 2017 Fenapsi. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SiteSindical

Search

Acesso Restrito